IJUSP | MACIA, Neusa Vaz
810
post-template-default,single,single-post,postid-810,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode_grid_1300,qode-theme-ver-17.2,qode-theme-bridge,pc_unlogged,wpb-js-composer js-comp-ver-5.6,vc_responsive

MACIA, Neusa Vaz

Título: Imaginação Ativa: Patchwork da Psique
Ano: 2012 | Orientador: Leticia Capriotti

Contato do Autor: nvmacia@uol.com.br

Resumo:

Esse trabalho aborda a trajetória percorrida por Jung na concepção de seu método Imaginação Ativa. Em um segundo momento, abro uma discussão sobre o conceito de imaginação e fantasia para então abordar a construção do conceito de Imaginação Ativa na obra de Jung. Por fim num terceiro momento, exploro a contribuição de J. Hillman a partir de seu trabalho com as imagens e do conceito de imagem arquetípica como possibilidade de aprofundar nossa compreensão do método para então discorrer sobre utilização e a pratica da Imaginação Ativa. Por ultimo, a fim de ilustrar tudo o que foi dito anteriormente, acrescento à essa discussão alguns casos clínicos de pacientes em analise comigo que vivenciaram a Imaginação Ativa.

Palavras-chave:Arquétipo, fantasia, Imaginação Ativa, Imagem Arquetípica, Inconsciente, Inconsciente coletivo.




WhatsApp chat