IJUSP | BRAGARNICH, Rubens
712
post-template-default,single,single-post,postid-712,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode_grid_1300,qode-theme-ver-17.2,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.6,vc_responsive

BRAGARNICH, Rubens

Título: Meandros de uma crise criativa
Ano: 2008 | Orientador: Ângela Cosac Nacácio

Contato do Autor: bragarnich@uol.com.br

Resumo:

O autor descreve o fenômeno da metanóia que demarca o início do processo de individuação na passagem para a segunda metade da vida, segunda a metade da vida, segundo a visão clássica junguiana. As Características da metanóia envolvem crise e bloqueio da criatividade, com implicações em todas as áreas da vida pessoal.
O Autor valoriza a concepção energética psíquica e outras formulações teóricas de Jung para discutir o tema. Ilustra com a vivência de metanóia do próprio C.G. Jung, de Federico Fellini, através do clássico 8 ½, e da sua experiência pessoal e clinica.

Palavras-chave:metanóia, crise, processo de individuação, etapas da vida, energia psíquica.




WhatsApp chat