Sonhos na Psicologia Junguiana

Jung foi um dos pioneiros no estudo dos sonhos. Pela sua noção de inconsciente e de vida psíquica construiu uma maneira própria e original de trabalho com os sonhos na psicoterapia, que leva em conta tanto o inconsciente individual quanto o coletivo. Propôs o método de amplificação simbólica. A partir de fins do século XX a Psicologia Analítica lança-se em novas formas de trabalho com os sonhos, para além de sua consideração na psicoterapia individual. Os analistas e terapeutas que aqui se apresentam ampliam criativamente a circunscrição do método, com peculiar ênfase ao trabalho com sonhos e grupos à consideração do corpo, à utilização de recursos expressivos e artísticos e à sua utilização na formação profissional. Destaca-se também a aplicação em diferentes contextos, que ampliam o atendimento ao sofrimento psíquico onde ele ocorra, seja nos centros de atendimento da rede pública, na saúde mental, nas casas-abrigo, respondendo, assim, à grande diversidadde de demandas da contemporaneidade.