Memória Corporal – O simbolismo do corpo na trajetória da vida

Irene Gaeta faz uma reflexão sobre a velhice e o envelhecimento. Seu foco principal é a relação velhice e corpo. A hipótese inicial é que na trajetória de nossas vidas nosso corpo incorpore cicatrizes, resultado de dores, sofrimentos, perdas, encontros e desencontros, que são guardados na memória corporal entendida como o acesso do ego ao inconsciente e a relação com o corpo como uma expressão da materialidade física da psique