IJUSP | BUTLER, David Phillip
734
post-template-default,single,single-post,postid-734,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode_grid_1300,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-17.2,qode-theme-bridge,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-5.6,vc_responsive

BUTLER, David Phillip

Título: The thousand faces of Antoinette
Ano: 2004

Contato do Autor: dbutler@upreps.com

Resumo:

Este trabalho é uma tentativa de compreender e discutir a descoberta da anima no homem e sua passagem da influência dominante do arquétipo da Grande-Mãe para uma mudança na polaridade para o arquétipo da Anima. Esta mudança traz enormes transformações na interação dos arquétipos ao longo do eixo “ ego-self” que afetam a existência psíquica no homem. Examino a maneira que estas transformações são amplificadas pela fixação no arquétipo da Grande-Mãe, e o confronto que se instala com o complexo da Anima ativado, o que é necessário para trazer a possibilidade da transformação e desenvolvimento, no caminho da individualização. Considero, também, a influência do domínio bi-cultural que pode ajudar e/ou dificultar este processo.